Carboidrato: amigo ou vilão?

MESTRA EDUCAÇÃO

 

Carboidrato: amigo ou vilão?

 

Escolher o carboidrato certo é a chave para uma alimentação mais equilibrada e sem privações

Nos últimos tempos o carboidrato se tornou um vilão assustador para as dietas da moda. Mas será que ele é realmente um vilão para a alimentação e o seu corpo?

 

Antes de condenar ou não o carboidrato, é importante conhecer qual o seu papel no organismo, quais são os seus tipos e de que forma ele deve ser consumido.

 

O que é um carboidrato?

 

Os carboidratos são moléculas formadas por átomos de carbono, oxigênio e hidrogênio. Tais moléculas são essenciais para a vida, já que dão energia para o organismo. Em outras palavras, o carboidrato é o combustível que o corpo necessita para andar, correr, falar, pensar, dançar etc.

 

Desta forma, retirar completamente este componente tão importante para o funcionamento do organismo, é um erro e pode até mesmo colocar em risco a sua saúde. A chave para uma alimentação equilibrada e um emagrecimento saudável está na escolha do carboidrato certo.

 

Carboidrato complexo X carboidrato simples

 

A principal diferença entre um carboidrato simples e complexo é a velocidade em que o organismo digere estes alimentos e produzem glicose no sangue.

 

Os carboidratos simples são digeridos e absorvidos rapidamente, fato que provoca fome mesmo após realizar uma refeição. Estes alimentos proporcionam energia imediata, devendo ser consumidos com moderação e até mesmo evitados, se o seu objetivo é emagrecer. São eles os açúcares, arroz branco, farinha branca (presente no pão, macarrão, bolo), refrigerantes, bolachas, mel, sorvete, geleias, entre outros.

 

Já os carboidratos complexos são digeridos de forma mais lenta pelo organismo, proporcionando aumento gradual da glicemia. A vantagem de ser absorvido mais devagar está em causar saciedade por mais tempo. Além disso, esse tipo de carboidrato é mais completo, com mais fibras, vitaminas e minerais, fornece energia com maior estabilidade e ajuda a limitar a quantidade de açúcar que é convertida em gordura. Ou seja, para quem deseja emagrecer eles são indispensáveis e podem ser encontrados em arroz, macarrão e pães integrais, maçã, banana, morango, pêra, mirtilo, nozes, sementes, feijão preto, iogurte desnatado, aveia, lentilha, batata doce, grão-de-bico, cevada, entre outros.

 

Seja qual for o objetivo, o carboidrato deve ser incorporado à dieta de maneira equilibrada, de preferência, os que fazem parte do grupo dos complexos, para que o corpo seja abastecido com tudo o que ele precisa para se manter saudável. Além disso, lembre-se de evitar o consumo de carboidratos no período noturno, já que o metabolismo é mais lento e dificulta uma adequada digestão.

 

Mas fique ligado! Estas são apenas dicas para contribuir com os seus objetivos, por isso consulte sempre um profissional qualificado para avaliar e acompanhar a sua alimentação.